O pragmatismo e a poéta da vida: os desafios da arte-educação no Brasil

Contenido principal del artículo

Autores

Juliana de Conti Macedo

Resumen

A necessidade de olhar a educação através de uma perspectiva artística que possa desenvolver a sensibilidade das pessoas e, consequentemente, torná-las mais conscientes de si e de sua realidade é o objetivo deste artigo. Para tanto, a pesquisa defende uma causa esquecida e desprezada pela sociedade atual: o fortalecimento do elemento poético na vivência cotidiana versus o excesso de um pensamento pragmático. Amparados na tese do pedagogo João Francisco Duarte (1999), cuja ideia principal consiste na defesa da “educação através da arte”, buscaremos refl etir sobre o pensamento poético, a dimensão sensível (estética) do homem frente ao processo brutal de racionalização do conhecimento, ao qual chamaremos com Duarte (1999) de pragmática.A pesquisa se justifi ca por ser preocupante o inexpressível espaço que a Arte e todas as suas linguagens ocupam no currículo das instituições escolares no Brasil.Para alcançarmos os nossos objetivos, realizamos um estudo de natureza qualitativa e apontamos as bases em que foi fundado o ensino das artes na escola, revelando que a própria atividade artística, implantada no ensino brasileiro, foi submetida aos valores pragmáticos, impossibilitando a germinação de uma visão poética dentro das salas de aula.

Palabras clave:

Detalles del artículo

Referencias

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda e MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: Introdução à fi losofi a. São Paulo: Editora Moderna, 1995.

ARTAUD, Antonin. O Teatro e seu Duplo. São Paulo: Martins Fontes Editora, 1999.

BARBOSA, Ana Mae T.B. Arte-Educação no Brasil. São Paulo: Perspectiva – Secretaria da Cultura, Ciência e Tecnologia, 1978.

BARBOSA, Waldemar de Almeida. O Congado no Oeste Mineiro. Revista Brasileira de Folclore. Ano V Nº11 Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura. Janeiro/Abril de 1965.

BUBER, Martin. Sobre a Comunidade. São Paulo: Editora Perspectiva, 1987.

CHAUI, Marilene. Filosofi a: Novo Ensino Médio. São Paulo, Editora Átila, 2002.

DUARTE, João Francisco. Fundamentos Estéticos da Educação. Campinas: Papirus Editora, 1999.

DUARTE, João Francisco. Por que arte-educação? Campinas, SP: Papirus, 1991.

GULLAR, Ferreira. Vanguarda e subdesenvolvimento: ensaios sobre a arte.Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1984.

Parâmetros Curriculares Nacionais. 5ª a 8ª séries: ARTE. Brasília: Ministério da Educação e do Desporto-Secretária de Educação Fundamental, 1998.

SALVADOR, A.D.. Cultura e educação Brasileira. Petrópolis: Vozes, 1971.