A Experiencia da Esperança. Alguns pensamentos sobre a vocação eo trabalho do educador

Contenido principal del artículo

Autores

Carlos Rodrigues Brandão

Resumen

Crer no ser, no viver e no valor da pessoa humana


     Crer na pessoa. Acreditar na pessoa humana e em seu destino e desafio de fazer-se mais humana ao longo de cada vida individual, e ao longo da trajetória do Ser Humano no Planeta Terra.


     Quem quer que seja, qualquer ser humano é, em si mesmo e com ou sem mediações, o ponto de origem, o valor de sentido e o destinatario de uma educação vocacionada não a capacitar o individuo competente e competitivo para O-mercado, mas sim a pessoa consciente-e.cooperativa para a partilha da vida Social e para a permanente transformação do mundo de vida em que vive


     Qualquer que seja o estilo de um governo e a vocação de uma sociedade a pessoa humana è sempre o seu sujeitoe a sua razão de ser. Cada uma, cada um de nós somos autores, atores e portadores de um valor irredutivel em si mesmo. Assim, todos os projetos e todas as politicas socials devem ter em cada pessoa e todas as pessoas de um povo ou de uma nação o seu ponto de origem e o seu lugar de destino


     A pessoa humana e nunca um poder de estado, o mercado ou qualquer da sociedade e da coletividade imposta a ela, é o sujeito essencial da vida, educação. Dirigida a promover transformações emancipadoramente humanizantes a educação deve centrar no desenvolvimento humano, e não no desenvolvimento econômico ou em qualquer outro, o eixo e o destino de sua ação pedagógica

Palabras clave:

Detalles del artículo

Licencia

 

  1. Los autores/as conservarán sus derechos de autor y garantizarán a la revista el derecho de primera publicación de su obra, el cuál estará simultáneamente sujeto a la Licencia de reconocimiento de Creative Commons que permite a terceros compartir la obra siempre que se indique su autor y su primera publicación esta revista.
  2. Los autores/as podrán adoptar otros acuerdos de licencia no exclusiva de distribución de la versión de la obra publicada (p. ej.: depositarla en un archivo telemático institucional o publicarla en un volumen monográfico) siempre que se indique la publicación inicial en esta revista.
  3. Se permite y recomienda a los autores/as difundir su obra a través de Internet (p. ej.: en archivos telemáticos institucionales o en su página web) antes y durante el proceso de envío, lo cual puede producir intercambios interesantes y aumentar las citas de la obra publicada. (Véase El efecto del acceso abierto).

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.