Atributos físicos do solo em cultivo de cebola sob sistemas de plantio direto e preparo convencional

Contenido principal del artículo

Autores

Arcangelo Loss
Elano Dos Santos Junior
Daniela Schmitz
Milton Da Veiga
Claudeine Kurtz
Jucinei José Comin

Resumen

Este trabalho avaliou os atributos físicos do solo cultivado com cebola em sistemas plantio direto de hortaliças (SPDH) e preparo convencional (SPC) do solo, comparados à área de floresta secundária. Os tratamentos constituíram-se da utilização de plantas de cobertura, solteiras e consorciadas em SPDH agroecológico de cebola por seis anos, em blocos ao acaso com cinco repetições: vegetação espontânea, 100% aveia; 100% centeio; 100% nabo forrageiro; consórcio de nabo forrageiro (14%) + centeio (86%); consórcio de nabo forrageiro (14%) + aveia (86%).Adicionalmente, foram avaliadas duas áreas, uma sob SPC com cultivo de cebola por ±38 anos e outra de mata (floresta secundária, ±31 anos). Foram coletadas amostras indeformadas de solo nas profundidades de 0-5, 05-10, 10-15 e 15-20 cm, e nestas avaliaram-se a densidade do solo; porosidade total, macro e microporos; diâmetro médio ponderado e geométrico dos agregados, e umidade volumétrica. O SPDH aumentou os índices de agregação, a porosidade total e umidade volumétrica em comparação ao SPC, e equiparou-se aos índices de agregação em relação à área de mata. O nabo solteiro e consorciado com aveia e centeio melhorou os atributos físicos do solo em comparação com o SPC.

Detalles del artículo

Referencias

Bronick, C.J. e R. Lal. 2005. Soil structure and manage-ment: a review. Geoderma 124, 3-22. Doi: 10.1016/j.geoderma.2004.03.005

Casali, C.A. 2012. Sistemas de culturas sob diferentes ma-nejos em longa duração alteram as formas de fósforo do solo. Tese Doutorado em Ciência do Solo. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Brasil.

CQFS-RS/SC. 2004. Manual de adubação e de calagem para os estados para os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 10ª. ed. Comissão de Química e Fertilida-de do Solo-RS/SC, Porto Alegre, Brasil.

Epagri. 2013. Sistema de produção para cebola: Santa Catarina. 4ª. revisão. Epagri, Florianópolis, Brasil.

Embrapa. 1997. Manual de métodos de análise de solo. 2ª. ed. Rio de Janeiro, Brasil.Embrapa. 2013. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3ª. ed. Rio de Janeiro, Brasil.

Guedes Filho, O., A.P. Silva, N.F.B. Giarola e C.A.Tormena. 2013. Structural properties of the soil seedbed submitted to mechanical and biological chiseling under no-ti-llage. Geoderma, 204/205, 94-101. Doi: 10.1016/j.geoderma.2013.04.017

IBGE. 2016. Levantamento sistemático da produção agrícola. IBGE, Rio de Janeiro, Brasil.

Liu, A., B.L. Ma e A.A. Bomke, 2005. Effects of cover crops on soil aggregate stability, total organic carbon, and polysaccharides. Soil Sci. Soc. Am. J. 69, 2041-2048. Doi: 10.2136/sssaj2005.0032

Loss, A., A. Basso, B.S. Oliveira, L.P. Koucher, R.A. Oliveira, C. Kurtz, P.E. Lovato, P. Curmi e G. Brunetto. 2015. Carbono orgânico total e agregação do solo em sis-tema de plantio direto agroecológico e convencional de cebola. Rev. Bras. Ciênc. Solo, 39, 1212-1224. Doi: 10.1590/01000683rbcs20140718

Luciano, R.V., J.A. Albuquerque, A.L. Mafra, A.Costa e J.Grah. 2014. Water storage variability in a vineyard soil in the southern highlands of Santa Catarina sta-te. Rev. Bras. Ciênc. Solo, 38, 82-93. Doi: 10.1590/S0100-06832014000100008

Monegat, C. 1991. Manejo de plantas de cobertura do solo em pequenas propriedades. In: Monegat C, editor. Plantas de cobertura do solo: características e manejo em pequenas propriedades. Chapecó: Edição do Autor, Brasil.

Richart, A., J. Tavares Filho, O.R. Brito, R.F. Llanillo e R. Ferreira. 2005. Compactação do solo: causas e efeitos. Semina: Ci. Agrárias, 26, 321-344. Doi: 10.5433/1679-0359.2005v26n3p321

Schoenholtz, S.H., H. Van Miegroet e J.A. Burger, 2000. A review of chemical and physical properties as indicators of forest soil quality: challenges and opportunities. For. Ecol. Manag. 138, 335-356. Doi: 10.1016/S0378-1127(00)00423-0

Silva, M.A.S., A.L. Mafra, J.A. Albuquerque, J.D. Rosa, C.Bayer e J. Mielniczuk. 2006. Propriedades físicas e teor de carbono orgânico de um Argissolo Vermelho sob dis-tintos sistemas de uso e manejo. Rev. Bras. Ciênc. Solo, 30, 329-337. Doi: 10.1590/S0100-06832006000200013

Souza, M, J.J. Comin, E.S. Leguizamón, C. Kurtz, G. Brunetto, V. Müller Júnior, B. Ventura, A.P. Camargo. 2013. Matéria seca de plantas de cobertura, produção de cebola e atributos químicos do solo em sistema plantio direto agroecológico. Cienc. Rural, 43, 21-27. Doi: 10.1590/S0103-84782012005000150

Ramos, F.T., D.T. Ramos, M.W. Roque e J.C.S. Maia. 2014. Agregados de um Latossolo Vermelho-Amarelo avalia-dos por meio de método seco e úmido. Encicl. Biosfera 10, 2935-2950.

Veiga, M. 2011. Metodologia para coleta de amostras e aná-lises físicas do solo. Epagri, Florianópolis, Brasil.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.