Características físicas de pedúnculos de clones de cajueiro-anão (Anacardium occidentale L.) produzidos em função da variação ambiental e temporal

Maria Lucilania Bezerra Almeida, Carlos Farley Herbster Moura, Renato Innecco, Márcia Régia Souza da Silveira



Resumen


As variáveis de qualidade física do pedúnculo de cajueiro consistem em diferentes características externas, como aparência, tamanho, coloração, formato, firmeza, entre outros. Esses apresentam grande importância na comercialização, uma vez que são os principais atributos que atraem o consumidor no momento da compra. Diante disso, este trabalho teve por objetivo avaliar a influência da região, ano de produção e do genótipo sobre as características físicas em cajus de cajueiro-anão. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, no esquema fatorial com medida repetida no tempo, aplicando-se a técnica de confundimento, sendo três clones (CCP 09, BRS 265 e PRO 555-1) em dois locais diferentes, sertão (Alto Santo-CE) e litoral (Beberibe-CE), com quatro repetições, colhidos nos anos de 2013 e 2014. No laboratório os cajus foram avaliados quanto a massa total (castanha e pedúnculo) em (g), massa da castanha (g), massa do pedúnculo (g), comprimento (mm), diâmetro apical e basal do pedúnculo (mm) e firmeza do pedúnculo (N). Observou-se que a região e o ano de produção influenciam na qualidade física do caju. Entre os clones estudados, o CCP 09 foi o único que apresentou comportamento semelhante em ambas as regiões. Isso mostra que o mesmo consegue expressar qualidade satisfatória em diferentes ambientes. Os demais apresentaram qualidade física superior quando cultivados no litoral. No sertão, o clone que se mostrou melhor adaptado foi o CCP 09, e no litoral o clone PRO 555-1.


Palabras clave


Condições ambientais, tamanho; qualidade física; precipitação pluviométrica.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Alves, E.S., J.E. Cardoso, L.G.C. Silva e J.S. Lima. 2013. Interação das condições edafoclimáticas com a resinose do cajueiro. Enciclopédia Biosfera 9(16), 1320-1345.

Aular, J. e W. Natale. 2013. Nutrição mineral e qualidade do fruto de algumas frutíferas tropicais: goiabeira, mangueira, bananeira e mamoeiro. Rev. Bras. Frutic. 35 (4), 1214-1231. Doi: 10.1590/S0100-29452013000400033

Ferreira, D.F. 2008. Sisvar: um programa para análises e ensino de estatística. Rev. Symposium 6(2), 36- 41.

FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos). 2014. Calendário das chuvas no estado do Ceará. Em: http://www.funceme.br/index.php/ areas/tempo/calendariodaschuvas; acessado em janeiro de 2014.

FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos). 2015. Calendário das chuvas no estado do Ceará. Em: http://www.funceme.br/index.php/ areas/tempo/calendariodaschuvas; acessado em janeiro de 2015.

García-Tejero, I., R. Romero-Vicente, J.A. Jiménez-Bocanegra, G. Martínez-García, V.H. Durán-Zuazo e J.L. Muriel-Fernández. 2010. Response of citrus trees to deficit irrigation during different phenological periods in relation to yield, fruit quality, and water productivity. Agric. Water Manag. 97 (5), 689-699. Doi: 10.1016/j.agwat.2009.12.012

Khaliq, G., M.T.M. Mohamed, A. Ali, P. Ding e H.M. Ghazali. 2015. Effect of gum arabic coating combined with calcium chloride on physico-chemical and qualitative properties of mango (Mangifera indica L.) fruit during low temperature storage. Sci. Hortic. 190, 187-194. Doi: 10.1016/j.scienta.2015.04.020

Léchaudel, M. e J. Joas. 2007. An overview of preharvest factors influencing mango fruit growth, quality and postharvest behaviour. Braz. J. Plant Physiol. 19 (4), 287-298. Doi: 10.1590/S1677-04202007000400004

Lopes, M.M.A., C.F.H. Moura, F.A.Z. Aragão, T.G. Cardoso e J. Enéas Filho. 2011. Caracterização física de pedúnculos de clones de cajueiro anão precoce em diferentes estádios de maturação. Rev. Cienc. Agron. 42(4), 914- 920. Doi: 10.1590/S1806-66902011000400013

Madani, B., M.T.M. Mohamed, C.B. Watkins, J. Kadir, Y. Awang e T.R. Shojaei. 2014. Prehavest calcium chloride sprays affect ripening of Eksotika II’ papaya fruits during cold storage. Sci. Hortic. 171, 6-13. Doi: 10.1016/j.scienta.2014.03.032

Melém Júnior, N.J., I.C.B. Fonseca, O.R. Brito, T. Decaëns, M.M. Carneiro, M.F.A. Matos, M.C. Guedes, J.A.L. Queiroz e K.O. Barroso. 2008. Análise de componentes principais para avaliação de resultados analíticos da fertilidade de solos do Amapá. Semina Ciênc. Agrár. 29 (3), 499-506.

Navarro, J.M., J.G. Pérez-Pérez, P. Romero e P. Botía. 2010. Analysis of the changes in quality in mandarin fruit, produced by deficit irrigation treatments. Food Chem. 119 (4), 1591-1596. Doi: 10.1016/j. foodchem.2009.09.0488

Pérez-Pérez, J.G., J.M. Robles e P. Botía. 2014. Effects of deficit irrigation in different fruit growth stages on ‘Star Ruby’ grapefruit trees in semi-arid conditions. Agric. Water Manag. 133, 44–54. Doi: 10.1016/j. agwat.2013.11.002

Prado, R.M. 2012. Nutrição de plantas: Diagnose foliar em frutíferas. Gráfica Multipress Ltda., Jaboticabal-SP, Brasil.

Ronquim, C.C. 2010. Conceitos de fertilidade do solo e manejo adequado para as regiões tropicais. Embrapa Monitoramento por Satélite. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento 8.

Shinozaki, K. e K. Yamaguchi-Shinozaki. 2007. Gene networks involved in drought stress response and tolerance. J. Exp. Bot. 58, 221-227. Doi: 10.1093/jxb/ erl164

Silva, F.C. 2009. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. 2a ed. EMBRAPA, Brasília, Brasil.

Wang, G., X.Z. Zhang, Y. Wang, X. Xu e Z. Han. 2015. Key minerals influencing apple quality in Chinese orchard identified by nutritional diagnosis of leaf and soil analysis. J. Integr. Agric. 14(5), 864-874. Doi: 10.1016/ S2095-3119(14)60877-7


Métricas de artículo

Vistas de resumen
13




Cargando métricas ...
_

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


URL de la licencia: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/

UNIVERSIDAD PEDAGÓGICA Y TECNOLÓGICA DE COLOMBIA
Sede Central Tunja–Boyacá–Colombia
Avenida Central del Norte 39-115
PBX: (57+8) 7405626
portalweb@uptc.edu.co Comentarios de este sitio
Horario de atención y servicio telefónico
8:00 a.m. a 12:00 m y 2:00 p.m a 6:00 p.m.

Atención al Ciudadano
Línea Gratuita: 01 8000 942024
Tel: (57+8) 7428263
quejas.reclamos@uptc.edu.co
Notificaciones Judiciales
Notificaciones de aviso

Institución de Educación Superior sujeta a inspección y vigilancia por el Ministerio de Educación Nacional
Sistema OJS - Metabiblioteca |