Marcos Saquet. Saber popular, práxis territorial e contra-hegemonia

Marcos Saquet. Saber popular, práxis territorial e contra-hegemonia

Contenido principal del artículo

Luiz Carlos Flávio

Resumen

Saquet, M. (2019). Saber popular, práxis territorial e contra-hegemonia. Editora Consequência, 141 pp. ISBN: 9788569437628.


Saquet, M. (2020). Saber popular, praxis territorial e contra-hegemonía. Editorial Itaca, 128 pp. ISBN: 9786078651382.


O livro é uma leitura primorosa para se pensar a relação da universidade com a sociedade e os movimentos sociais do/no campo/cidade! A principal contribuição é tentar aliar as pesquisas com ações de projetos de extensão realizados, demonstrando um pensamento profundo que se propõe à reflexão acadêmica que busca implementar ações sociais.

Palabras clave:

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Biografía del autor/a (VER)

Luiz Carlos Flávio, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Brasil.

Pós-doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (linha de pesquisa Educação e desenvolvimento) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Referencias (VER)

Benjamin, W. (1994). Magia e Técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras escolhidas, volume I, 2ª ed. Editora Brasiliense.

Bosi, E. (1987) Memória e sociedade: lembranças de velhos. Editora da Universidade de São Paulo.

Bosi, E. (2003). Memória da cidade: lembranças paulistanas. Companhia das Letras.

Dal Lago, A, Giordano, S. (2014). L’artista e il potere: episodi di uma relazione equivoca. Il Mulino.

Flávio, L. C. (2019) Por uma geografia com poesia. Revista GeoUECE.8(15).

Flávio, L.C. (2011). Memória(s) e território: elementos para o entendimento da constituição de Francisco Beltrão/PR. Tese de doutorado. Presidente Prudente: Unesp, Programa de Pós Graduação em Geografia.

Freire, P. (1981) Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 5ª. ed. Paz e Terra.

Freire, P. (1983) Extensão ou comunicação? 7ª ed. Paz e Terra.

Freire, P. (1989), A importância do ato de ler: em três artigos que se completam.

Halbwachs, M. (1990) A memória coletiva. Vértice.

Huizinga, J. (2000). Homo ludens. Perspectiva S.A.

Lukács, G. Introdução aos escritos estéticos de Marx e Engels. pp. 11-38. Em: Marx, K., Engels, F. (2010). Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. Expressão Popular.

Nora, P. (2008) Pierre Nora em les lieux de mémoire. Trilce.

Oliveira, (2005). A. A geografia das lutas no campo. Cotexto.

Santos, M. (2006) A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. Editora da Universidade de São Paulo. http://files.leadt-ufal.webnode.com.br/200000026-4d5134e4ca/Milton_Santos_A_Natureza_do_Espaco.pdf

Schiller F. (2002) A educação estética do homem. Iluminuras.

Silva. M.da. Sobre emoções e lugares: contribuições da Geografia das Emoções para um debate interdisciplinar. RBSE, Revista Brasileira de Sociologia da Emoção, 17(50), pp. 69-84. http://www.cchla.ufpb.br/rbse/MarciaSilvaArtago18.pdf

Citado por: