The Normal School of Peçanha: installation, operation and organization at the beginning of the 20th century

La Escuela Normal de Peçanha: instalación, funcionamiento y organización en el inicio del siglo XX

Main Article Content

Cleonice Medeiros Carvalho
Josana Talita Da Silva
José Fernandes da Silva
Davidson Paulo Azevedo Oliveira

Abstract

Objective: This article aims to investigate the process of installation, operation and organization of the Normal School of Peçanha, between 1914 and 1930, The school is located in the eastern region of the state of Minas Gerais – Brazil.


Originality/contribution: This study makes a contribution to the field by analyzing an important institution for the social and intellectual development of the region.


Method: With the purpose of conducting an in-depth research, the study focused on the analysis of the Normal Education in this institution through historical and documentary sources. The work was organized in four methodological stages: heuristic, doxography, etiology and synthesis.


Information strategy/data collection: direct sources were used, such as: congregation minutes, school inspection minutes, the regulations for the creation of the Normal School of Peçanha and other regulations, laws, decrees and resolutions of higher instances, as well as indirect sources, namely: historiographic studies of normal schools in Brazil and in the regional context.


Conclusions: the research shows that the creation and organization of this institution was a political act by the local elite that resulted in the institutionalization of teacher formation for primary education.

Keywords:

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

Author Biographies (SEE)

Cleonice Medeiros Carvalho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, Brasil

Graduada en Normal Superior por la Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Carangola - Minas Gerais. Licenciada en Matemáticas por el Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus São João Evangelista.

Josana Talita Da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus São João Evangelista, Brasil

Licenciada en Matemáticas por el Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus São João Evangelista. Correo electronico: josanasilvajts17@gmail.com

José Fernandes da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus São João Evangelista, Brasil

Postdoctor en Educación Matemática con investigaciones en el campo de la formación de profesores de matemáticas. Doctor en Educación Matemática en la línea de Investigación Formación de profesores que enseñan matemáticas. Graduado en Matemáticas y Pedagogía. Especialista en Enseñanza Superior. Magíster en Educación. Profesor en el Instituto Federal de Minas Gerais - Campus São João Evangelista. Profesor acreditado en el Máster Profesional en Educación Profesional y Tecnológica (PROFEPT/IFMG) y colaborador en el Máster Académico en Educación Matemática de la Universidade Federal de Ouro Preto (PPGEDMAT/UFOP). Correo electroncio: jose.fernandes@ifmg.edu.br

Davidson Paulo Azevedo Oliveira, Centro Federal de Educación Tecnológica de Minas Gerais - CEFET, Brasil

Doctor en Educación Matemática. Magíster en Educación Matemática. Especialista en Matemáticas. Licenciado en Matemáticas. Profesor del Departamento de Matemáticas del Centro Federal de Educación Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG). Profesor colaborador del Máster Académico en Educación Matemática de la Universidade Federal de Ouro Preto (PPGEDMAT/UFOP). Correo electrónico: davidson@cefetmg.br

References (SEE)

Fuentes

Archivo de la Escuela Estadual Dr. Antônio da Cunha Pereira, MG. “Livro de Atas da Congregação”. São Pedro do Suassuí, MG, 1914.

Archivo de la Escuela Estadual Dr. Antônio da Cunha Pereira, MG. “Livro de Atas de exames escritos e orais”. São Pedro do Suassuí, MG, 1914.

Archivo de la Escuela Estadual Dr. Antônio da Cunha Pereira, MG. “Livro de Atas de inspeção”. São Pedro do Suassuí, MG, 1914.

Archivo de la Escuela Estadual Dr. Antônio da Cunha Pereira, MG. “1.er Regulamento da Escola Normal de Peçanha”. São Pedro do Suassuí, MG, 1914

Referencias bibliográficas

Assemblei Legislativa de Minas Gerais. “Lei n.º 2766 (13-09-1881)”, ascende à categoria de cidades as vilas de Cataguases, S. Lourenço do Manhuaçu, Santo Antônio do Machado, S. Miguel de Guanhães e Rio Doce com a denominação Cidade de Suassuí. Belo Horizonte, MG: Asamblea Legislativa de Minas Gerais, 1881.

Barbosa, Rui. “Reforma do ensino primário e varias instituições complementares da instrução pública- 1883”. En Obras completas de Rui Barbosa, editado por Rui Barbosa. Rio de Janeiro: Ministerio de Educación y Salud, 1947.

Barros, José D'Asunção. O projeto de pesquisa em História. Da escolha do tema ao quadro teórico. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

Carvalho, Antonio Luiz Affonso de. “Informe apresentado a Assembleia Legislativa da Provincia de Minas Gerais na sessão extraordinaria de 2 de março de 1871”. Ouro Preto, MG: Asembleia Legislativa da Província de Minas Gerais, 1871.

Castanha, André Paulo. Edição crítica da legislação educacional primaria do Brasil imperial: a legislação geral e complementar referente à Corte entre 1827 y 1889. Campinas: Navegando Publicações, 2013.

Family Search. “Ficheiro: Minas Gerais Municip Peçanha.svg.png” (abril de 2015). https://www.familysearch.org/pt/wiki/Ficheiro:Minas_Gerais_Municip_Pe%C3%A7anha.svg.png (18 de febrero de 2022)

Ferreira, Rita de Cássia Oliveira. “ A escola normal da capital: instalação e organização (1906-1916)”. Tesis de maestría, Universidade Federal de Minas Gerais, 2010. https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUDB-8CBSMB. (22/08/2021).

Gouveia, Maria Cristina Soares de y Walquíria de Miranda Rosa. “Historia da Escola Normal de Minas Gerais (1835-1906)”. En Lições de Minas, 70 anos da Secretaria da Educação, editado por Ana Maria Peixoto y Luciano

Mendes de Faria Filho. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2000, 19-31.

IEPHA. “Institucional”. Belo Horizonte, MG: Governo do estado de Minas Gerais, 2017. http://www.iepha.mg.gov.br/index.php/institucional/legislacao/77 (22/08/2021).

Julia, Dominique. “A cultura escolar como objeto histórico”. Revista Brasileira de Historia da Educação, vol. 1, n.o 1 (2001): 9-43.

Limnios, Giorgia. Mapa de las provincias de Brasil en 1822. 6.ª Olimpiada Nacional de Historia de Brasil, 2014. https://www2.olimpiadadehistoria.com.br/6-olimpiada/documentos/documento/35

Ministerio da Educação e Cultura do Brasil. “Ley n.° 9394 (20-12-1996)”. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira é a legislação que regula o sistema educativo (público ou privado) do Brasil (da educação básica a educação superior). Brasilia: MEC, 1996.

Ministerio de Educação e Saúde do Brasil. “Ley n.º 10 (04-04-1835)”. Dispõe sobre a organização da educação normal e establece as regras de ingresso a esta modalidade de ensino. Brasilia: MEC, 1835.

Monarca, Carlos. Escola normal da praça: O lado noturno das luzes. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1995.

Municipalidad de São Pedro do Suassuí. “Ley n.° 3446 (28-09-1887)”. Nomeia o município de Suassuí como Peçanha. São Pedro do Suassuí, MG: Câmara de Vereadores, 1887.

Pimenta, Dermeval José. O bosque de Peçanha. Sua história e sua gente. Belo Horizonte, MG: [s.e.], 1966.

Presidencia de la Provincia de Minas Gerais. “Informe do Presidente da Provincia de Minas Gerais. Mensaje 1871”. http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/477/000032.html. (13/04/2021).

Presidencia de la República del Brasil. “Ley n.º 16 (12-08-1834) (Acta adicional)”. Faz algunas modificações e adições a Constituição política do imperio, nos termos da Lei del 12 de octubre de 1832. Coleção de Leis do Império do Brasil (1834, vol. 1), 15.

Presidencia de la República del Brasil. “Ley n.º 311 (02-03-1938)”. Estabelece a divisão territorial do país e dita outras medidas. Diário Oficial da União, seção 1, (7/031938, vol. 1), 4249.

Rodrigues Filho, José Albertino. Doutor Antônio Augusto da Cunha Pereira: Biografía: o precursor do progresso. Belo Horizonte, MG: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, 2008.

Rosa, Walquiria Miranda. “Educação Pública e profissão docente em Minas Gerais (1825-1852)”. Tesis de maestría en Educación, Universidad

Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2001.

Rozante, Ellen Lucas. “A educação dos sentidos e o método de ensino intuitivo e o caso das escolas públicas isoladas em São Paulo (1889-1910)”. Tesis de doctorado en Educación, Pontificia Universidad Católica de São Paulo, 2013.

Secretaria Municipal de Educación. “Decreto n.º 1.666 (28-02-1946)”. Transforma a Escola Normal de Belo Horizonte no Instituto de Educação de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG: SME, 1946.

Secretaria Municipal de Educación. “Decreto n.º 3738 (05-11-1920)”. Aprova o regulamento para a execução da lei n.º 560. Belo Horizonte, MG: SME, 1920.

Secretario de Estado de Educação de Minas Gerais. “Ley n.° 1769 (04-04-1871)”. Legaliza a reabertura das escuelas normais em Minas Gerais. Belo Horizonte, MG: SEE, 1871.

Secretario de Estado de Educación de Minas Gerais. “Ley n.º 13 (28-03-1835)”. Regula a criação de cátedras de educação primaria, a provisão e salários dos docentes. Belo Horizonte, MG: SEE, 1835.

Secretario de Estado de Educación de Minas Gerais. “Ley n.º 439 (28-09-1906)”. Promove a reforma da educação primaria e normal do Estado, para que a escuela se converta en um instituto de educação intelectual, moral e física. Belo Horizonte, MG: SEE, 1906.

Secretario de Estado de Educación de Minas Gerais. “Ley n.º 560 (12-09-1911)”. Cria cinco escolas normais e contém otras disposições (Belo Horizonte, MG: SEE, 1911).

Turci, Deolinda Armani. “Os saberes psicológicos na Escola Normal de Ouro Preto entre 1890 e 1930”. Tesis de maestria, Universidade Federal de Minas Gerais, 2014. https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUBD-A3PNH7 (22/08/2021).

Villela, Heloisa de Oliveira Santos. “ O professor da escola e a professora”. Em 500 anos de educação no Brasil, editado por Eliane Marta Teixeira Lopes, Luciano Mendes Faria Filho y Cynthia Greive Veiga. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

Zuluaga, Eder Loaiza Yasaldez, “Origen de las Escuelas Normales en el departamento de Caldas”, Revista historia de la educación latinoamericana, vol. 18, n.o 26 (2016). https://doi.org/10.19053/01227238.4365. (20 de febrero de 2022) DOI: https://doi.org/10.19053/01227238.4365

Citado por: